Bons hábitos nutricionais podem melhorar a fertilidade

Já não é segredo que a saúde de todos nós depende muito dos alimentos que consumimos. Bons hábitos nutricionais contribuem para equilibrar o nosso organismo e mente, e além de ajudar na prevenção de doenças e controlar o peso corporal, eles também têm uma forte influência na fertilidade.

Neste artigo falaremos sobre esse assunto para que você entenda de que forma os hábitos alimentares afetam positiva ou negativamente a fertilidade de homens e mulheres. Confira, também, algumas dicas para ter uma alimentação equilibrada e saudável, que ajude a preparar o seu organismo para chegada de um filho.

Os bons hábitos nutricionais e a fertilidade

Quando homens e mulheres desejam ter filhos o ideal é que exista uma preparação antecipada, para garantir maiores chances de a gravidez acontecer e o embrião desenvolver-se de forma saudável.

Mas não são apenas os exames e as conversas com especialistas que estão envolvidas nesse processo. É fundamental manter bons hábitos nutricionais, porque os alimentos que nós ingerimos também influenciam na fertilidade e podem melhorar ou trazer consequências negativas.

Veja a seguir de que forma alimentação afeta a fertilidade das mulheres e dos homens.

A alimentação e a fertilidade feminina

Da mesma forma como para perder peso, ganhar massa muscular ou ter cabelos e uma pele mais bonitos, além de prevenir doenças, a alimentação da mulher interfere em sua maior ou menor chance de ter um filho, bem como na qualidade dos seus gametas. Veja o que faz bem e o que faz mal:

Hábitos positivos

  • Alimentos integrais, vegetais, legumes e frutas aumentam as chances de engravidar.
  • A ingestão de vegetais, frutas, cereais e peixes melhora a qualidade dos embriões.

Hábitos negativos

  • Dietas para emagrecer, sem acompanhamento, reduzem as chances de implantação do embrião.
  • O consumo de refrigerante diariamente, seja ele de qualquer tipo, reduz a qualidade dos óvulos, do embrião e reduz as chances de implantação.
  • O consumo excessivo de carne vermelha também dificulta a implantação e reduz a chance de gravidez.
  • Beber todos os dias café com adoçante artificial reduz a qualidade dos embriões.

A alimentação e a fertilidade masculina

No caso dos homens, os hábitos alimentares deles também impactam de forma positiva ou negativa sua fertilidade. Por isso, não são apenas elas que devem se cuidar e adotar bons hábitos nutricionais quando desejam ter filhos. Veja de que forma os alimentos afetam os homens que querem ser pais.

Hábitos positivos

Hábitos negativos

  • Dietas rigorosas para perder peso reduzem as chances de o embrião implantar.
  • O consumo de carne vermelha por parte do homem também dificulta a implantação do embrião e minimiza as chances de gravidez.

Tanto para homens como para mulheres o consumo de álcool e tabaco interfere negativamente na fertilidade. No caso deles, a concentração e motilidade dos espermatozoides fica prejudicada, e para as mulheres, a qualidade dos embriões produzidos é reduzida.

O ideal é que, tanto ele como ela, adquira bons hábitos nutricionais para manter a sua saúde equilibrada, de modo que a fertilidade seja estimulada pelos nutrientes ingeridos. Confira a seguir as nossas dicas para que você tenha uma alimentação saudável:

  1. Coloque na base da sua alimentação os produtos naturais ou que tenham sofrido um mínimo de processamento industrial, como os grãos, tubérculos, raízes, legumes, frutas, castanhas, ovos, carne, leite, entre outros.
  2. Reduza o consumo de alimentos processados, que são aqueles trabalhados pelas indústrias alimentícias antes de serem vendidos, como os pães, queijos, conservas, compotas e outros.
  3. No preparo dos alimentos, reduza ao máximo a quantidade de gordura, óleo, sal e açúcar, preferindo temperos naturais e ervas.
  4. Reduza ao máximo o consumo de alimentos ultraprocessados, como refrigerantes, salgadinhos, biscoitos recheados e macarrão instantâneo.
  5. Evite ficar muito em jejum e, na hora de alimentar-se, prefira ambientes mais calmos e apropriados para que esse seja um momento saudável e tranquilo.
  6. Quando for comer fora de casa, prefira os locais que servem refeições preparadas na hora e aqueles com cardápio mais caseiro.
  7. Adquira o hábito de ler o rótulo dos alimentos e prestar atenção em seu teor nutricional para ingerir somente aqueles que fazem bem.
  8. Beba bastante água ao longo do dia, mas também complemente com outros líquidos como os chás e sucos naturais. Sempre evite o refrigerante, bebidas alcoólicas e café.

Adotar bons hábitos nutricionais além de aumentar a sua qualidade de vida e bem-estar também ajudará a melhorar ou manter a sua fertilidade. Alimentar-se bem é a decisão mais acertada para quem deseja ter muita saúde e longevidade, além de ser uma preparação do seu organismo para a chegada de um filho.

Entre em contato

Doutor Armindo Dias Teixeira

Médico ginecologista formado pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e especialista em medicina reprodutiva e cirurgia minimamente invasiva.

WhatsApp Entre em contato via Whatsapp