Candidíase: o que é e como evitar

O que é

A Infecção por cândida é muito comum. É um fungo que existe em torno de 20% das mulheres, totalmente assintomático. Em certa porcentagem de mulheres, esses fungos se tornam sintomáticos e trazem muito desconforto.

Existem vários tipos, a mais comum é Candida albicans, que provoca a candidíase.

Maior incidência

  • Pacientes tomando antibiótico;
  • Pacientes imunodeprimidas;
  • Gestação (alteração hormonal);
  • Verão;
  • Roupas molhadas.

O antibiótico é um dos fatores de incidência porque nós temos uma série de bactérias no organismo, chamadas de bactérias de defesa. A paciente tem a cândida habitando a vagina, ao tomar antibiótico, as bactérias de defesa serão destruídas e os fungos aumentarão de intensidade, se dividindo e provocando os sintomas.

Sintomas

  • Prurido;
  • Inchaço;
  • Ardor.

Como evitar é a candidíase?

Por ser mais prevalente nas mulheres que tomam antibiótico, é recomendado para quando usar o antibiótico se prevenir da candidíase.

Muitas vezes não tem como prevenir sendo necessário tratar conjuntamente com o médico.

No verão, é indicado não usar roupas muito grossas, tecido sintético em roupas íntimas, quando for à praia não ficar muito tempo com roupas molhadas.

Veja também: Corrimento vaginal: é normal? Como evitá-lo?

Tratamento

O tratamento se faz com medicamento oral, normalmente dose única, às vezes complementa com tratamento local dependendo dos sintomas.

Entre em contato

Doutor Armindo Dias Teixeira
Médico ginecologista formado pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e especialista em medicina reprodutiva e cirurgia minimamente invasiva.

Dr. Armindo
Dias Teixeira


CRM 45547

Rua Afonso Braz, 656 - conj. 21
Vila Nova Conceição - São Paulo - SP
CEP: 04511-001

contato@doutorarmindo.com.br

(11) 3288-5282

WhatsApp Entre em contato via Whatsapp